bolsas

Português, Brasil
Serviço

Dilação de prazo para defesa

por Juliana Pinheiro
Publicado: 27/08/2021 - 10:38
Última modificação: 27/08/2021 - 10:38
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Documentos / Serviços
Definições: 

Caso o discente queira solicitação dilação de prazo para defesa, essa é uma decisão que cabe ao Colegiado. Nesse sentido, é necessário enviar o pedido em tempo hábil para ser pautado em reunião.

Requisitos: 

Ser discente do Programa com defesa prevista para o ano seguinte, por exemplo, o discente que tem previsão de defender em 2022, protocolará o pedido em novembro/2021.

Orientações: 

São necessários:

  1. uma carta de justificativa, descrevendo a situação atual do trabalho, detalhes sobre o que está em atraso, o prazo necessário para finalizar o projeto, etc.
  2. um boneco do projeto, cotento o que foi desenvolvimento até o momento;
  3. e um cronograma de atividades, detalhando o que será feito com esse prazo a mais.

 

  • A carta deve ser assinada pelo discente e por seu orientador.
  • Todos os documentos devem ser encaminhados em PDF e separados, ou seja, o discente enviará 3 arquivos em PDF.
  • O envio será por e-mail até 30 de novembro.
  • A Secretaria enviará um e-mail no início do mês de outubro para lembrar todos os discentes desse prazo.
  • Não há modelo para nenhum desses documentos.
    • Apesar disso, o discente, ao elaborar o pedido, deve levar em consideração que o Colegiado se baseará somente nos documentos apresentados.
    • Com isso, um dos princípios é detalhar toda a situação vivenciada, os problemas enfrentados ao longo do curso, o impacto positivo que será gerado com a dilação de prazo para a qualidade do trabalho, etc.
    • Outro ponto importante é a estrutura do texto que não pode gerar dúvidas aos leitores, pois essas dúvidas dificilmente serão esclarecidas no momento da reunião.
    • E a estrutura dos documentos, como o cronograma, por exemplo, deve ser apresentada de forma clara e de fácil entendimento.
Serviço

Bolsas - Prorrogação da bolsa de estudos

por Juliana Pinheiro
Publicado: 27/08/2021 - 10:25
Última modificação: 08/09/2021 - 08:44
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro / Documentos / Mestrado / Serviços
Definições: 

A CAPES, por meio da Portaria nº 121 de 19 de agosto de 2020, autorizou excepcionalmente a prorrogação da bolsa de estudos por 6 (seis) meses em virtude da pandemia do novo coronavírus.

A FAPEMIG, com a publicação da Portaria nº 43/2020, também autorizou a mesma prorrogação, de 6 (seis) meses.

O CNPq, no dia 06 de maio, publicou o Informe nº 4 do qual destacamos o seguinte trecho: "informa que a possível prorrogação de Bolsas Institucionais de Iniciação Científica e Tecnológica, de Mestrado e de Doutorado no País, por até 60 dias". Apesar disso, a agência publicou instruções somente para prorrogação de bolsas que seriam canceladas nesse período (2020-2021), e não para as vigentes que serão canceladas futuramente. O Colegiado, em reunião no dia 10 de junho, esclarece que, de qualquer forma, os prazos das bolsas e das defesas serão avaliados anualmente.

Requisitos: 

Ser bolsista de alguma das agências de fomento mencionadas acima.

Que as portarias ainda estejam vigentes possibilitando à Universidade, por meio dos sistemas de cadastros de bolsas, a prorrogação dessas.

Formalizar o pedido de dilação de prazo conforme as instruções contidas no Serviço: Dilação de prazo para defesa.

Orientações: 

O Colegiado, por meio a Carta COPEC º 2039152, de 13 de maio de 2020, informa que concederá prorrogação das bolsas de estudos àqueles discentes que protocolarem o pedido e que essa prorrogação acontecerá conforme a autorização de cada agência de fomento.

As prorrogações serão concedidas anualmente, conforme as datas de defesas, pois é necessário atentar-se para a validade e vigência das portarias emitidas pelas agências de fomento. Por exemplo, a turma cuja previsão de defesa é em fevereiro/2022 enviará o pedido de dilação de prazo até novembro/2021. Isso porque em dezembro/2021 o Colegiado analisará todos os pedidos e emitirá a decisão administrativa, além de fazer os encaminhamentos necessários para a Reitoria prorrogar as bolsas nos sistemas.

É necessário esclarecer que as agências de fomento autorizaram os programas de pós-graduação a concederem prorrogação no tempo de concessão das bolsas de estudos. Por ser uma autorização, cabe a cada programa avaliar sua situação interna (discentes que defenderão, pedidos, impacto da pandemia no desenvolvimento dos trabalhos, próximas turmas que ingressarão, prazo de publicação de edital, etc.) e decidir da melhor forma possível. O Colegiado, levando em consideração o impacto que as restrições da pandemia causaram no desenvolvimento dos trabalhos, decidiu conceder essa prorrogação a todos os discentes.

Apesar dessa concessão geral, cada discente tem o dever de enviar o pedido de dilação de prazo contento:

  1. uma carta de justificativa, descrevendo a situação atual do trabalho, detalhes sobre o que está em atraso, o prazo necessário para finalizar o projeto, etc.
  2. um boneco do projeto, cotento o que foi desenvolvimento até o momento;
  3. e um cronograma de atividades, detalhando o que será feito com esse prazo a mais.

 

  • A carta deve ser assinada pelo discente e por seu orientador.
  • Todos os documentos devem ser encaminhados em PDF e separados, ou seja, o discente enviará 3 arquivos em PDF.
  • O envio será por e-mail até 30 de novembro.
  • A Secretaria enviará um e-mail no início do mês de outubro para lembrar todos os discentes desse prazo.
  • Não há modelo para nenhum desses documentos.
    • Apesar disso, o discente, ao elaborar o pedido, deve levar em consideração que o Colegiado se baseará somente nos documentos apresentados.
    • Com isso, um dos princípios é detalhar toda a situação vivenciada, os problemas enfrentados ao longo do curso, o impacto positivo que será gerado com a dilação de prazo para a qualidade do trabalho, etc.
    • Outro ponto importante é a estrutura do texto que não pode gerar dúvidas aos leitores, pois essas dúvidas dificilmente serão esclarecidas no momento da reunião.
    • E a estrutura dos documentos, como o cronograma, por exemplo, deve ser apresentada de forma clara e de fácil entendimento.

 

Além disso, vale ressaltar que a CAPES e a FAPEMIG emitiram uma portaria com um posicionamento muito semelhante, entretanto, o CNPq não fez da mesma forma.

Por fim, salientamos que essa situação será avaliada anualmente, pois a prorrogação acontece conforme a autorização emitida por cada agência de fomento. Portanto, a vigência das portarias são essenciais para esse processo. A manuteção da validade dessas portarias depende exclusivamente das agências de fomento.

Todos os detalhes dessas portarias emitidas pelas agências de foemnto, bem como o Informe do CNPq, a Carta emitida pelo Colegiado do Programa e o histórico dos acontecimentos está neste link do site: Prorrogação de bolsas em virtude da Pandemia do novo coronavírus

Serviços Relacionados: 
Legislação

Resolução COLCOPEC: Distribuição de bolsas 2021/2

Defini os critérios de concessão, manutenção e renovação de bolsas de estudo para o segundo semestre de 2021.
por Juliana Pinheiro
Publicado: 29/04/2021 - 14:12
Última modificação: 29/04/2021 - 14:12
Número: 
1
Data de publicação: 
2021
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro
Mestrado
Processos seletivos
Tipo de legislação: 
Resolução

Aprova os Critérios para a CONCESSÃO, MANUTENÇÃO E RENOVAÇÃO de bolsas de estudo no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais da Universidade Federal de Uberlândia e dá outras providências.

Tópicos: 
Legislação

Portaria CAPES: critérios para concessão de bolsas aos PPG's

Consolida critérios para distribuição de bolsas no âmbito do Programa de Demanda Social (DS)
por Juliana Pinheiro
Publicado: 15/03/2021 - 10:10
Última modificação: 15/03/2021 - 10:10
Número: 
28
Data de publicação: 
2021
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro
Tipo de legislação: 
Portaria

Art. 1º Esta Portaria dispõe sobre os critérios para distribuição de bolsas no âmbito do Programa de Demanda Social (DS) e de bolsas e auxílios para pagamento de taxas escolares no âmbito do Programa de Excelência Acadêmica (PROEX), do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP) e do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições Comunitárias de Educação Superior (PROSUC), referente ao período de março de 2021 a fevereiro de 2022.

Art. 2º A distribuição de bolsas e auxílios de que trata esta Portaria destina-se exclusivamente aos Programas de Pós-Graduação (PPGs) passíveis de fomento pelo DS, PROEX, PROSUP ou PROSUC, nos termos de regulamentação específica.

Tópicos: 
Acontece

Prorrogação de bolsas em virtude da Pandemia do novo coronavírus

Posicionamento da CAPES e das outras agências de fomento sobre a prorrogação de bolsas de estudos e o parecer do Colegiado do Programa
por Juliana Pinheiro
Publicado: 21/08/2020 - 12:26
Última modificação: 07/04/2021 - 13:21

Com a Portaria nº 55 de 29 de abril de 2020, a CAPES prorrogou excepcionalmente as bolsas de mestrado e doutorado vigentes no país por 3 (três) meses.

Em 07 de maio, o Colegiado do Programa se reuniu e emitiu a Carta COPEC nº 2039152 que foi divulgada a todos os discentes no dia 18 de maio. Informa-se que a prorrogação de bolsas da CAPES é válida para todos os discentes bolsistas dessa agência de fomentos. Entretanto, aqueles que quiserem deverão manifestar interesse até a primeira semana de dezembro deste ano de 2020 enviando, por e-mail, uma carta de justificativa, um boneco do projeto e um cronograma de atividades. A prorrogação será concedida, porém é necessário manifestação formal do discente em todos os casos, independente da agência de fomentos que financie seus estudos.

Além disso, o Colegiado explica que essa situação será reavaliada anualmente, tendo em vista seu o impacto de longo prazo. E, por fim, deixa autorizado esse mesmo posicionamento para as outras agências de fomento, caso elas se manifestem da mesma forma.

Em 26 de maio, a FAPEMIG publicou a Portaria nº 20/2020 prorrogando por 3 (três) meses as bolsas em vigor na data de sua publicação e aquelas que vieram a ser concedidas durante o período de restrições relacionado à pandemia de COVID-19.

No dia 06 de maio, o CNPq publicou o Inform nº 4 do qual destacamos o seguinte trecho: "informa que a possível prorrogação de Bolsas Institucionais de Iniciação Científica e Tecnológica, de Mestrado e de Doutorado no País, por até 60 dias". Apesar disso, a agência publicou instruções somente para prorrogação de bolsas que seriam canceladas nesse período, e não para as vigentes que serão canceladas futuramente. O Colegiado, em reunião no dia 10 de junho, esclarece que, de qualquer forma, os prazos das bolsas e das defesas serão avaliados anualmente.

Recentemente, a CAPES, por meio da Portaria nº 121, estendeu o prazo de prorrogação de 3 (três) para 6 (seis) meses. Apesar disso, o procedimento continua o mesmo: as prorrogações serão feitas caso a caso, à medida em que as bolsas vencerem no sistema e devem acontecer mediante manifestação formal do discente até a primeira semana de dezembro.

Agora, a FAPEMIG, com a publicação da Portaria nº 43/2020, também estendeu o prazo de 3 (três) para 6 (seis) meses. E continua em vigência a necessidade de manifestação formal do discente para prorrogação da bolsa.

Legislação

Resolução COPEC: concessão de bolsas 2020/2

Defini os critérios de concessão, manutenção e renovação de bolsas de estudo para o segundo semestre de 2020.
por Juliana Pinheiro
Publicado: 07/07/2020 - 09:57
Última modificação: 07/07/2020 - 09:57
Número: 
1
Data de publicação: 
2020
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro
Mestrado
Tipo de legislação: 
Resolução

Defini os critérios de Concessão de Bolsas de Estudo no âmbito do PPGECRN para o ano de 2020, ajustando às especificidades das novas cotas CNPq no âmbito do Projeto Mobilidade e Convergência: formação de doutores para transformação, recentemente aprovado na Chamada CNPq Nº 1/2019 - Apoio à formação de doutores em áreas estratégicas.

Tópicos: 
Legislação

Portaria CAPES: critérios de distribuição de bolsas DS de março/2020 a fevereiro/2021

Dispõe sobre os critérios para distribuição de bolsas no âmbito do Programa de Demanda Social (DS), referente ao período de março de 2020 a fevereiro de 2021, e dá outras providências.
por Juliana Pinheiro
Publicado: 21/02/2020 - 11:59
Última modificação: 21/02/2020 - 11:59
Número: 
20
Data de publicação: 
2020
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro
Mestrado
Processos seletivos
Tipo de legislação: 
Portaria

Art. 1º Esta Portaria dispõe sobre os critérios para distribuição de bolsas no âmbito do Programa de Demanda Social (DS), referente ao período de março de 2020 a fevereiro de 2021.

Art. 2º A distribuição de bolsas de que trata esta Portaria destina-se exclusivamente aos Programas de Pós-Graduação (PPG) passíveis de fomento, das instituições participantes do DS, nos termos de regulamentação específica.

Parágrafo único. Para os ajustes decorrentes deste modelo, considerar-se-á como referência o somatório das bolsas oriundas da "cota-curso" e da "cota de Pró-Reitoria", efetivamente alocadas em cada PPG na data de publicação desta Portaria.

Tópicos: 
Acontece

Edital de Seleção de Bolsistas para o Programa Institucional de Internacionalização da UFU 2020

O presente edital tem por objetivo selecionar bolsistas no Brasil e no Exterior para a realização de pesquisa em colaboração internacional.
por Juliana Pinheiro
Publicado: 19/02/2020 - 12:02
Última modificação: 02/03/2020 - 16:40

O Programa está no Projeto P8, que possui 1 bolsa de Capacitação (2 meses), 4 de Doutorado Sanduíche (6 meses), 1 de Pós-doutorado (6 meses) e 5 de Professor Visitante (menos de 1 mês).

Tópicos: 
Legislação

Resolução COPEC: concessão de bolsas 2020

Defini os critérios de concessão, manutenção e renovação de bolsas de estudo para o ano de 2020.
por Juliana Pinheiro
Publicado: 02/12/2019 - 11:14
Última modificação: 02/12/2019 - 11:14
Número: 
01
Data de publicação: 
2019
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro
Tipo de legislação: 
Resolução

Aprova os Critérios para a CONCESSÃO, MANUTENÇÃO E RENOVAÇÃO de bolsas de estudo no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais da Universidade Federal de Uberlândia e dá outras providências.

Tópicos: 
Legislação

Portaria Interministerial: instituir o Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD)

Institui o Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD).
por Juliana Pinheiro
Publicado: 21/11/2018 - 10:59
Última modificação: 22/11/2018 - 10:37
Número: 
746
Data de publicação: 
2007
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro
Pesquisa
Processos seletivos
Tipo de legislação: 
Portaria

Art. 1º Instituir o Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD), como atividade interministerial, constituindo parte da política de formação de recursos humanos para a política industrial, tecnológica e de comércio exterior, a ser implementado sob orientação da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq-MCT e da Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP-MCT.

Tópicos: