Serviço

Interinstitucional / Internacional

por Portal PPGECO
Publicado: 03/05/2017 - 12:01
Última modificação: 09/10/2018 - 14:48
Público-alvo: 
Estudante / Professor / Técnico-Administrativo / Comunidade externa
Assunto: 
Pesquisa / Processos seletivos / Projetos
Definições: 

INDICADORES INTERNACIONAIS

Há um número crescente de docentes e discentes em eventos e projetos de cooperação internacional. Nesse sentido, vários convênios firmados nos últimos anos com instituições e outros países foram mantidos e continuam gerando resultados importantes. Entre eles, foi mantido o Termo de Cooperação Científica com a University of Florida (UF - EUA). Os projetos já concluídos e em andamento renderam várias publicações . Além do mais, o Termo de Cooperação tem facilitado o intercâmbio de estudantes de pós-graduação. 18% dos nossos doutorandos tiveram oportunidade de realizar estágio sanduíche no exterior, alguns com apoio de convênios internacionais. Em 2017 dois estudantes foram a Europa por período de 4 e 6 meses, mas neste caso com apoio direto do programa PDSE-CAPES. Atividades do INCT HYMPAR que envolvem docentes do PPGECRN-UFU contam com a participação de pesquisadores de diversas instituições estrangeiras, como: James Whitfield (University of Illinois), Michael Sharkey (University of Kentucky), Scott Richard Shaw (University of Wyoming), Barbara Sharanowski (University of Manitoba), Donald Quicke (aposentado do Imperial College e Natural History Museum of London), Alejandro Zaldivar Riveron (Universidad Nacional Autonoma de Mexico), John Heraty ( University of California, Riverside), Alexandre Rodriguez Berrío (Universidad Nacional Agraria La Molina, Peru), Isrrael Carlos Gomes Avila, Ilari Sääksjärvi (Zoological Museum da University of Turku), Caroline Chaboo (University of Kansas), Paul Hanson (Universidad de Costa Rica), Peter John Mayhew (University of York), Kevin J. Gaston (Institute da University of Exeter), entre outros. Um projeto conjunto entre um docente do programa e a pesquisadora Uruguaia, Dr. Carmen Viera (Universidad de la Republica) resultou recentemente na publicação do livro “Viera C. & Gonzaga, M.O. 2017. "Behaviour and Ecology of Spiders: Contributions from the Neotropical Region. Springer International Publishing” com a participação de pesquisadores da Costa Rica, Japão, México, Nova Zelândia, Estados Unidos e República Checa. Três docentes do PPGECRN-UFU são autores de capítulos.

Desde 2017 é mantida a cooperação com a Dra. Maria del Rocio Perez-Barrales, da University of Portsmouth, Inglaterra, na linha de pesquisa Ecologia da Polinização. Ela participou diretamente de atividades no Programa em 2013 e 2014, no âmbito do PACSS-FAEMIG. A Profa. Rocio tem trabalhado com ecologia de polinização de plantas distilicas e é Professora da Universidade de Portsmouth, Inglaterra. Em suas visitas ao Brasil ela apresentou palestras na UFU e participou de uma banca de Doutorado. 

Mais de 70% dos docentes to programa têm atividades de cooperação internacional ativas.

 

    INDICADORES NACIONAIS

    O Programa está associado ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Hymenopteros Parasitoides da Região Sudeste Brasileira (INCT/Hympar Sudeste), com sede em São Carlos (SP). O Hympar Sudeste é um centro de investigação e gestão da biodiversidade da Região Sudeste brasileira, idealizado para apoiar os esforços para o conhecimento da diversidade biológica brasileira e promover a sua sustentabilidade. Através do HYMPAR mantém-se convênio com várias instituições, como a Embrapa Pecuária Sudeste, Embrapa Milho e Sorgo, Museu de Zoologia da USP (MZUSP), Apta Ribeirão Preto, INCAPER, UEMG, UFMG, UFRJ, UNICAMP, Unesp Jaboticabal, Instituto Biológico, UFES, entre outras do Brasil e exterior. Quatro docentes vinculados ao PPGECRN-UFU fazem parte da equipe do INCT, sendo que um deles integra seu comitê gestor. A proposta do instituto envolve 32 subprojetos integrados, com 70 pesquisadores de instituições nacionais e a participação de pesquisadores de diversas instituições estrangeiras (veja Intercâmbios internacionais). Há ainda participação ativa em Congressos Científicos Nacionais e Internacionais, os alunos apresentaram trabalhos em uma grande gama de Congressos, incluindo o Congresso Nacional de Limnologia, o Congresso Latino-Americano de Ecologia, o Congresso de Ornitologia Neotropical e o Encontro Anual da Ecological Society of America, além do ATBC, congresso internacional de Botânica e congresso Internacional de Entomologia.

    O núcleo de Ecologia de Pequenos Mamíferos mantém colaboração com os Profs. Dr. Paulo Sérgio D'Andrea e Dr. Arnado Maldonado Jr, ambos membros do Instituto Oswaldo Cruz/FIOCRUZ-RJ e coordenadores do Laboratório de Biologia e Parasitologia de Mamíferos silvestres reservatórios. Os dois colaboram com o projeto financiado pela FAPEMIG (CRA-APQ-04023-10) e coordenado pela Profa. Dra. Natália O. Leiner, na identificação de amostras e orientação de alunos. Recentemente está sendo estabelecida uma nova parceria, com o Dr. Claudio Alvarenga de Oliveira, fundador e coordenador do Laboratório de dosagens hormonais da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Estadual de São Paulo, para o desenvolvimento de projetos, análise de dados e redação de artigos.

    Praticamente todos os docentes do Programa obtém apoio de agência de fomento como FAPEMIG e CNPQ, através de editais de pesquisa, além de conseguirem financiamento de empresas da Região. O Programa conta com 4 pesquisadores nível 1A CNPq e três nível 2. Em 2016, o Programa de Ecologia de Longa Duração (PELD) foi renovado e listado entre os melhores do País. As atividades do PELD continuaram em 2017 e o projeto conta com 13 pesquisadores do Programa, tendo apoiado várias Dissertações e Teses de doutorado. Nesta nova edição o nosso projeto deve receber quase um milhão de reais em bolsas e apoio financeiro. Esta renovação foi de fato mais um indicativo claro da visibilidade nacional do Programa.

     

    Orientações: 

    PEC-PG

    O Programa de Estudantes- Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG), é fruto de parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Ministério das Relações Exteriores (MRE) por intermédio da Divisão de Temas Educacionais (DCE) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Tem o objetivo de conceder bolsas de doutorado pleno, em IES brasileiras, a professores universitários, pesquisadores, profissionais e graduados do ensino superior dos países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém Acordo de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia visando o aumento de qualificação necessária para que o estudante possa contribuir para o desenvolvimento de seu país. As inscrições são gratuitas e feitas diretamente na página do programa por meio do preenchimento de questionário de inscrição e envio de documentos, conforme descrito em edital, para mais informações, acessar o site do programa.

    TWAS-CNPq

    O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em Brasília-Brasil, e a TWAS oferecem bolsas de pós-graduação em tempo integral e sanduíche para jovens cientistas de países em desenvolvimento (que não o Brasil) que desejam realizar pesquisa para doutorado na área de Ciências. Informações sobre a solicitação de inscrição, detalhes do programa, critérios de elegibilidade, documentos e certificados exigidos, bem como o formulário de inscrição on-line, estão disponíveis no site do programa.

    Setor Responsável: