Serviço

Bolsas - Vínculo empregatício

por Juliana Pinheiro
Publicado: 04/07/2018 - 14:37
Última modificação: 18/07/2018 - 11:10
Público-alvo: 
Estudante
Assunto: 
Auxílio financeiro / Processos seletivos
Definições: 

A opção de acumular a bolsa de pós-graduação, níveis mestrado e doutorado, com um vínculo empregatício remunerado, pode acontecer desde que o bolsista venha a atuar profissionalmente na sua área de formação e cujo trabalho seja correlacionado com o tema da sua dissertação/tese e, portanto, quando tal vínculo empregatício seja resultante de sua condição de bolsista e como consequência do tipo de projeto que esteja desenvolvendo.

Requisitos: 

Para a consentimento desta opção é necessária anuência do orientador e análise do caso pelo Colegiado do Programa, que aceita somente quando não há nenhum outro discente do Programa, no mesmo nível, sem bolsa, para dar oportunidade a todos de usufruírem do benefício.

Orientações: 

O discente deve protocolar na secretaria uma carta com detalhes da situação. Não há modelo a ser seguido, mas deve conter a assinatura do aluno e do seu orientador, além de informações de como apareceu a oportunidade, quais são as atividades a serem desenvolvidas, de que forma haverá conciliação dos horários dessa nova atividade com as tarefas acadêmicas, uma justificativa.